Arquivo da categoria: Justiça

Zé Dirceu – 10 anos e 10 meses de cadeia: ficou barato.

Ficou barato, Zé. Só 10 anos e 10 meses de cadeia.

Vejam como o direito penal no Brasil é brando. Em 21 meses o Zé sai da sua cela e vai para o regime semi-aberto. No semi-aberto ele só tem que dormir no xilindró, o resto do tempo pode passar trabalhando (tá, vai nessa). Depois de mais uns poucos anos vai para o regime aberto, onde pode dormir em casa e só fica restrito de sair da cidade.

Se o Zé tivesse nascido nos EUA teria pego life in prision. Se fosse na China uma bala na cabeça. Em Cuba, bom em Cuba nem julgamento teria.

Anúncios

Governador condenado a 14 anos de prisão. Pena que aqui não.

Rod Blagojevich is Definitely DelusionalO governador Rod Blagojevich, do estado de Ilinois foi condenado a 14 anos de cana por crimes de corrupção. O caso todo durou menos de três anos, desde as denúncias até o envio para o xilindró.

Casos como este, se fossem aqui no Brasil, seriam julgados no Tribunal de Pequenas causas.

Espero que em breve todos os mensaleiros sigam este exemplo e passem uns 30 anos na cadeia.

Defender a pena de morte é ser de direita?

Veja este vídeo e responda a pergunta que vai a seguir.

Será que defender a pena de morte é ser reacionário de direita? Quantas cenas destas e de Battistis vamos ter que assistir?

Só 18 anos de cadeia?

Façam as contas comigo: 18 dividido por 6 ou talvez por 3. De 3 a 6 anos.

Agora alguém tente explicar porque o rapaz só pegou 18 anos de cana?

Nos EUA isto dava pena de morte ou life in prision without parole.

A lei penal no Brasil precisa mudar já.

Do G1
Após oito anos, a Justiça condenou na tarde desta quinta-feira (18) o primeiro dos sete acusados de envolvimento no assassinato de Celso Daniel. Marcos Roberto Bispo dos Santos foi condenado a 18 anos de prisão por participação na morte do então prefeito de Santo André em 2002. Ele foi considerado culpado pelo crime – com duas qualificadoras, motivo torpe e impossibilidade de defesa à vítima – pelos jurados (cinco mulheres e dois homens), no Fórum de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

“Celso Daniel morreu para encobrir desvios para campanhas” – O fantasma de Celso Daniel assombra o PT

Leiam a notícia do portal G1 e prestem atenção no negrito:

O promotor Francisco Cembranelli, responsável pela acusação no caso Celso Daniel, afirmou nesta quinta-feira (18) que o prefeito de Santo André foi morto porque descobriu que o esquema de propina obtida com empresários para caixa dois de campanha do PT passou a ser desviado também para contas particulares dos envolvidos. Celso Daniel era prefeito de Santo André quando foi assassinado, em 2002. O júri ocorre no Fórum de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, onde um dos oito réus é julgado à revelia. O Partido dos Trabalhadores foi procurado, mas até as 14h não havia se posicionado sobre o assunto.

“Não estou preocupado em transformar o Partido dos Trabalhadores em réu nesse processo. Não vou pôr o partido dos trabalhadores no banco dos réus. As pessoas que conduziam a prefeitura estavam ligadas ao partido dos trabalhadores”, acrescentou o representante do Ministério Público. “É evidente que ele faz parte do contexto e algumas pessoas serão mencionadas. Que há um escândalo público envolvendo a prefeitura de Santo André, isso é óbvio. Pessoas desviavam recursos para campanhas eleitorais e contas pessoais”, disse.

O promotor contou que, segundo depoimento de pessoas que eram extorquidas, elas pagavam de R$ 30 mil a R$ 40 mil. “O chefe do esquema era Sérgio Sombra. Ele que recolhia. Temos empresários que foram deixados de lado porque não pagavam essa propina”, disse Cembranelli, que fez a sustentação oral das 10h30 até as 12h. “Não sou eu que estou dizendo. Não tenho nenhum interesse político nisso. São provas testemunhais.”

Pessoas envolvidas na administração de Santo André teriam desviado esses recursos e levavam para o PT. “Até então isso contava com a anuência de Celso Daniel”, disse Cembranelli. “Celso Daniel seria coordenador da campanha vitoriosa do presidente Lula. Ele seria coordenador dessa campanha.”

Segundo Cembranelli, apostavam suas fichas na eleição de 2002 porque já haviam perdido três eleições anteriores. “A arrecadação era para ganhar a eleição de 2002”, disse, se referindo à campanha vitoriosa de Lula para presidente. “O irmão de Celso Daniel disse que ele possuía um dossiê que indicava as pessoas que estavam desviando dinheiro da prefeitura.”

O promotor lembrou que o prefeito foi “foi intensamente torturado”. “Ele tem marcas de espancamento no rosto e no corpo. A vítima estava sem roupas quando foi espancada.”

Hoje o fantasma de Celso Daniel volta para assombrar o governo

Hoje teremos o julgamento de um dos acusados do assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel em 2002.

E o que isto tem a ver com o governo?

Para responder a esta pergunta precisamos lembrar de uma matéria publicada em 2 de Novembro de 2005 (dia dos mortos…) no portal Wikinews, compilando as informações da semana sobre a investigação da relação da morte de Celso Daniel com you know who

Recomendo a leitura do link porque contém a transcrição de fitas que não foram muito divulgadas na mídia: http://migre.me/2iFTK

O irmão de Celso Daniel vive no exílio na condição de refugiado devido às denúncias que fez sobre a morte de Celso:

Ele dá um depoimento longo, uma das partes vai abaixo:

Vocês pode ver o resto em: http://www.youtube.com/user/defesademocracia#p/u