Arquivos do Blog

Serra x Haddad e a incompetência de um “marketeiro”

Há muito tempo não escrevo neste espaço e, apesar dos bons ventos que sopram do STF, confesso que estou meio desanimado com a perspectiva da política no Brasil.

Confirmadas as pesquisas mais recentes, o “micador” de ENEMs, Fernando Haddad, será eleito pelo povo de São Paulo como prefeito.

No meio do julgamento do mensalão, governando o Estado de São Paulo, o PSDB pode sair derrotado da maior cidade do Brasil.

E de quem é a culpa? Em primeiro lugar, caso o desastre se concretize, de Luiz Gonzalez o pluri-derrotado marketeiro de Serra. Em segundo lugar do próprio José Serra que parece estar dando mais ouvidos a Gonzalez que à razão. Em terceiro lugar ao prefeito Kassab, que não teve força para se defender do assalto petralha à capital do estado, parece que estava mais preocupado em rachar o DEM.

Espero que nos poucos dias que faltam Serra consiga virar o jogo, não é impossível, mas é bastante difícil.

 

 

Correios torram nosso dinheiro no Rock in Rio

Correios lançaram uma campanha pelo Rock in Rio: “Mande o clima do Rock in Rio para todo o Brasil com SEDEX

O problema é que os Correios estão em greve há dez dias e o serviço de Sedex é um dos que está mais seriamente paralisado.

Greve nos Correios Incompetência PT Dilma Lula Lulla

Isto mostra o grau de incompetência do governo petralha: ninguém se lembrou que manter esta propaganda seria algo inútil e ridículo. O serviço público que já não era bom não irá resistir a 12 anos de PT.

And the Oscar goes to @coroneldoblog

A melhor (ou pior imagem da semana) é a que foi publicada pelo @coroneldoblog

Veja o vídeo abaixo:

E leia o post do Coronel do Blog: Gafe presidencial.

 

 

 

 

Fora Fernando Haddad, és uma vergonha para o Brasil

Há meses temos pedido a cabeça de Fernando Haddad, o inepto ministro da Educação.

Sua predileção por Stalin manifestada na frase dita no Senado mostra que precisa ser defenestrado o quanto antes:

“Há uma diferença entre o Hitler e o Stalin que precisa ser devidamente registrada. Ambos fuzilavam seus inimigos, mas o Stalin lia os livros antes de fuzilá-los. Ele lia os livros, essa é a grande diferença. Estamos vivendo, portanto, uma pequena involução, estamos saindo de uma situação stalinista e agora adotando uma postura mais de viés fascista, que é criticar um livro sem ler”

Stalin é um dos maiores monstros da história. Ousaria dizer que Adolf Hitler era um idiota maníaco perto do monstro Stalin, de qualquer forma ao ver uma involução ao ir de Stalin para Hitler o ministro mostra que é um inepto que já há muito deveria ter levado um pé na parte em que as costas perdem seu nome decente.

Hitler,  Stalin e Fernando HaddadFora Haddad! Tem que ser o grito patriótico dos homens e mulheres de bem deste Brasil

A incompetência agora é azul

A destruição do estado Brasileiro que a petralhada vem promovendo passa pela deterioração dos serviços públicos.

Já falamos aqui de estradas, aeroportos, falhas gerais de infraestrutura. Hoje é dia de comentar um fenômeno bizarro. O tempo que leva-se para tirar um passaporte.

Corisco ia viajar para os EUA, tem seu visto americano, no entanto seu passaporte, que era verde venceu no início do ano. Após preencher o cadastro na polícia federal percebeu que só havia data disponível para julho, em algumas cidades para agosto.

Em Cuba também é difícil tirar um passaporte, assim como na Coréia do Norte, no Irã, na antiga URSS, etc. Talvez seja este o caminho pelo qual o PT queira nos levar, fazer impossível a saída do Brasil.

Mas, voltemos ao problema. Porque demora tanto a emissão de um passaporte. Meu primeiro passaporte ainda no governo do terrível Sarney demorou 3 dias. Já nos governos Itamar e FHC emiti duas vezes o passaporte, no mesmo dia estava com o documento em mãos. Aí entrou o PT…

Será que a Polícia Federal paga pouco a seus funcionários? É tão difícil fazer um passaporte? Será que pagamos tão pouco imposto que o governo não tem condições de prestar pelo menos este serviço de maneira adequada?

Num país sério, o General De Gaulle já havia dito que o Brasil não é, o diretor da PF estaria no olho da rua, a imprensa estaria fazendo uma gritaria danada e a oposição faria um carnaval. Como não somos um país sério, e deixamos mais ainda de ser em 1 de Janeiro de 2003, o diretor da PF segue tranquilo, a imprensa esta quase toda tomada por jornalistas chapa branca e a oposição se resume a um Álvaro Dias e um Demóstenes Torres e uma Katia Abreu…

A saída para o Brasil é o Galeão, diziam alguns, atualmente com problemas nos aeroportos e na emissão de passaportes a saída para o Brasil vai ter que ser nadando.

Defesa aérea do Brasil é frágil

Hoje o jornal Estado de São Paulo publica uma matéria de duas páginas sobre o estado em que se encontram as forças armadas brasileiras. O cenário não é nada bom, mesmo comparando com alguns vizinhos, em concreto Chile e Colômbia. A Venezuela tem alguns equipamentos bons, mas a qualidade de suas forças armadas é de lamentável para baixo.

Dentre os pontos mencionados penso que o mais grave é a defesa antiaérea brasileira. A defesa do espaço aéreo se dá de duas formas: interceptação e fogo antiaéreo.

A interceptação atualmente depende dos Mirage-2000C baseados em Anápolis e para aviões de pequeno porte dos A29, os Super Tucanos. O F-5EM pode também ser usado como interceptador.

No entanto, depender totalmente de interceptação, considerando que temos 12 Mirage-2000C e uns 60 F-5EM é algo bastante arriscado do ponto de vista de defesa.

O Exército, em concreto a arma de artilharia, é responsável pelo abate de agressores que invadam o espaço aéreo quando não há cobertura de caças em tempo razoável. Acontece que nossa artilharia tem equipamentos muito precários. Tão precários que ousaria dizer que a defesa antiaérea baseada em solo não existe no país.

O único míssil terra-ar em operação no Brasil é o Igla-1, de operação manual e com capacidade de atingir aeronaves até 10000 pés. Muito pouco, ridiculamente pouco para um país como o Brasil.

Apesar de não ser um item de primeira necessidade no momento atual, a falta de fogo terra-ar mostra o amadorismo e a incompetência do governo petralha na gestão de assuntos estratégicos do país.

Os comandantes das três forças armadas, General Enzo Perri, Almirante, Brigadeiro Juniti Saito e o Almirante Julio Soares precisam pressionar de maneira incisiva o ministro da Defesa e a presidente da república para que cumpram a Constituição e forneçam às forças armadas condições dignas de defender o território nacional.

Defesa Antiaérea do Brasil

Brasil um país de tolos

Um país de tolos, este poderia ser o lema do novo governo federal.

Depois da impressionante entrevista da brasileira residente no Cairo que disse que é mais fácil um brasileiro obter apoio da embaixada Chilena ou Portuguesa que da brasileira vemos que somos uns trouxas.

Em determinado momento da entrevista ela diz, com uma ponta de ironia, que há uma amiga dela que sabe mais sobre os brasileiros no Egito que a própria embaixada, diz ainda que talvez seja a hora da amiga dela assumir o cargo do embaixador.

Em tempo, senhor embaixador do Brasil no Egito, Cesário Melantonio Neto, pede para sair!

 

O que falta para Fernando Haddad dar o fora?

Resposta a pergunta acima: vergonha na cara.

Lula se tivesse alguma (vergonha na cara) teria demitido este rapaz logo no primeiro fracasso do ENEM, assim funcionam as empresas sérias. Passou a mão na cabeça e Haddad conseguiu uma incrível sequência de feitos:

  1. Enem 2009 vazou
  2. Dados dos Alunos do ENEM 2009 foram expostos
  3. Enem 2010 saiu impresso errado
  4. Enem 2010 teve inúmeras confusões na prova
  5. SISU (talvez um dos s poderia ser trocado para f) expôs dados dos alunos e permitiu que outros alunos modificassem dados que não eram seus.

Falta fazer o que para ser demitido? Não falta nada. Falta uma oposição com coragem, como tinha Carlos Lacerda.

via Touro Sentado

Desembargador libera o ENEM, o problema está longe de terminar

O desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, deem uma olhada no curriculum Lattes dele só por curiosidade: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4236028E8 , decidiu derrubar a liminar que suspendia o exame em todo país. O desembargador conversou pessoalmente com ministro da Educação Fernando Haddad segundo noticiou o G1.

Como podem ver o problema está longe de acabar. Ninguém foi honrado o suficiente para pedir desculpas aos estudantes, a atuação da UNE foi pífia e eu aposto que a batalha vai parar no STF.

O fracasso do Enem – Queremos a demissão de Haddad

O Enem mais uma vez mostrou a incompetência do governo do PT. Imagine um estudante de ensino médio que se preparou o ano todo para o exame, enfrentou uma maratona de dois dias de longas provas e ao final descobre que o exame pode ser anulado por mais uma inépcia do governo federal comandado por Lula da Silva.

O mínimo que os alunos poderiam pedir agora é a demissão sumária do Ministro da Educação, Fernando Haddad. Ele não tem a mínima condição moral de continuar a frente do ministério após os sucessivos fracassos do ENEM nos últimos dois anos. Tivesse sido demitido no ano passado após o vazamento da prova ou após o vazamento dos dados dos alunos talvez os estudantes de hoje tivessem sido poupados de mais um mico federal.

Causa pena a comunidade petralha tentando defender o ministro Haddad. Toda a esgotosfera a serviço deles se reuniu em defesa dele como vocês podem ver na imagem abaixo.