Arquivos do Blog

Caiu o primeiro Rafale

Quero que o Kadafi vá para o diabo que o carregue. Mas o fato é que os franceses se prestam a um papel ridículo.

Foi informado agora que as baterias aéreas Líbias derrubaram o primeiro caça francês. Se os EUA não tivesse vindo em socorro amanhã Kadafi ia estar bombardeando Paris.

Se comprarmos o Rafale vamos ficar com o mico.

Anúncios

França não deu nem para um dia

No post anterior o General Kutusov falava da fragilidade da França para intervir na Líbia. Agora vemos nos breaking news das TV em inglês que os EUA estão apoiando o ataque ao homem que Lula chamou de irmão.

Agora quero ver se vão atacar também os ditadores do Bahrein, Arábia Saudita, etc.

Sarkozy vai por o Rafale em demo na Líbia

A situação na Líbia é muito complexa e quem entrar ali corre o risco de se ver metido num lodaçal do qual será difícil sair.

Vi agora na CNN que o Sarkozy, em nome da Otan vai usar a força aérea francesa contra as forças do Coronel Kadafi. Bom, vamos aos fatos. O Rafale, que é a aeronave que deve ser usada para impor a zona de exclusão aérea tem um raio de combate de 1800km como pode ser visto no mapa abaixo:

Acontece que os líbios tem sistemas anti-aéreos que não são tão frágeis como o Brasil como o S300 (foto abaixo), eles possuem cerca de 800 sistemas de misseis terra-ar e as aeronaves francesas sem o apoio americano podem sofrer pesadas baixas.

Além disso, o Coronel Kadafi, tem mais de cem aeronaves de caça e ataque, podendo, numa hipótese desesperada, atacar alvos em toda costa do mediterrâneo. Imagina você na cotê d’Azur tomando um KAB-500L na cabeça?

Na hora que a coisa ficar feia, vão ter que chamar os americanos para limpar, foi mais ou menos o que aconteceu na segunda guerra. Fizeram lambança e vieram os americanos consertar.

E o Brasil vai ver que o Rafale não é uma boa opção…